“Acemannam” - um dos princípios activos da Aloe Vera

Acemannam Mechanism

A planta Aloe Barbadensis Miller, mais conhecida por Aloe Vera, contém uma adequada concentração de Acetil de Manosa (molécula de ácido acético de manosanas).

Tem sido demonstrado cientificamente que esta substância activa denominada Acemannan (acemanose) produz efeitos muito positivos no corpo e células animais, especialmente ao nível gastrointestinal e do sistema imunitário. Tem sido também experimentado com sucesso em vários estudos com indivíduos que padecem de depressões várias imunológicas (vírus Epstein-Barr, síndroma de Fadiga Crónica, Sistémico Candidíase, infecções de HIV e outras).Este ingrediente natural particularmente presente no Tónico PortAloe, protege também a medula óssea dos danos provocados pelas toxinas químicas derivadas de drogas, tais como o AZT.

As actividades biológicas do “Acemannan” presente na Aloe Vera, normaliza o metabolismo a celular.  Tem também uma forte interacção nas células do sistema imunitário, estimulando-o e activando os macrófagos, monócitos, anticorpos e células “T” (linfócitos derivados dos timócidos).A nível dos intestinos, esta substância natural, actua como um potente agente anti-inflamatório, neutralizando muitas enzimas más responsáveis pelos danos causados à mucosa do estômago. Dos constituintes presentes na planta de Aloe Vera, apenas o concentrado do látex, também denominado de“yellow sap”ou mais tecnicamente de Aloína, causa danos e habituação indesejáveis.

Os produtos da PortAloe estão isentos deste concentrado de Aloína e as enzimas existentes no parênquima fresco da planta não provocam qualquer dano em orgão algum, antes pelo contrário são altamente benéficos uma vez que promovem o seu melhor funcionamento.

O polímero “Acemannan” da Aloe Vera, é também por excelência um agente viricida (agente activo contra infecções virais), e bactericida específico ou selectivo (destruindo apenas determinadas bactérias nocivas) para além de um fungicida natural. Este polímero também estimula a motilidade intestinal, ajudando a mover as proteínas alergénicas do intestino delgado para o cólon. Todo este processo ajuda a normalizar o sistema gastrointestinal - Cólon.